10/07/10

MOTOQUEIRO FANTASMA



O Motoqueiro Fantasma (Ghost Rider no original) é um personagem de HQ da Marvel Comics. Criado pelo desenhista Mike Ploog e os escritores Roy Thomas e Gary Friedrich, tendo estreado em Marvel Spotlight #05 (Agosto de 1972).
Nos Estados Unidos existiam outros personagens que também se chamavam Ghost Rider (nome em inglês do Motoqueiro). O da Marvel (que provavelmente plagiou outro dos anos 50, de antiga editora) posteriormente virou Phantom Rider, um cowboy que assustava os malfeitores se disfarçando em fantasma, ou seja, usando uma tinta fosforescente e uma máscara branca. No Brasil esse personagem ficou conhecido como Cavaleiro Fantasma ou Fantasma Vingador.
Além do evidente plágio do antigo cowboy, também tem sido motivo de polêmica a idéia do crânio flamejante do personagem, que teria sido inspirado em outro herói da Era de Ouro, mas que até hoje não foi confirmado pelos artistas da Marvel.
O primeiro (e atual) Motoqueiro Fantasma foi Johnny Blaze, que trabalhava num show de motociclismo de um circo antes de fazer um acordo com o demônio Mefistofelis (que ele pensava ser Satã), com o intuito de salvar seu mentor e pai adotivo, transformando-se assim no Motoqueiro Fantasma. O segundo Motoqueiro Fantasma foi Denny Ketch.
O Motoqueiro surgia inicialmente logo após pôr-do-sol, ou quando seu hospedeiro experimenta um estado de grande sofrimento psicológico (que o hospedeiro, aliás, pode provocar propositalmente para trazê-lo à tona), frequentemente chamado de Olhar de Penitência. A transformação é muito dolorosa, com a carne do hospedeiro derretendo para dar lugar à forma cadavérica do Motoqueiro. O Motoqueiro Fantasma não compartilha da personalidade do hospedeiro, tendo a sua própria. Ele se auto-intitula o Espírito da Vingança e persegue os criminosos que considera "pecadores".
Seus poderes consistem de um olhar capaz de por sua vítima em choque quando a fita de perto, uma corrente de metal capaz de mudar de comprimento (no caso de Dan Ketch) e uma moto com rodas flamejantes (mesmo depois de deixar de ser o Motoqueiro, Johnny Blaze manteve uma moto dessas). Ele costuma enfrentar outros demônios como Zodíako, ocultistas como Troll e Bruxa, ou maníacos, como o Espantalho.


Poderes e Habilidades

O Motoqueiro Fantasma tem vários poderes de natureza sobrenatural como:
  • Força, velocidade e resistência de natureza mágica, sendo assim, de níveis incalculavelmente altos;
  • Projeção de fogo normal e infernal, sendo este último capaz de conjurar e manter sua moto funcionando, sem combustível e queimar almas;
  • Regeneração espontânea;
  • Invulnerabilidade ao fogo e ao calor;
  • Com a moto, ele é capaz de caminhar e correr sobre superfícies líquidas, verticais e concede a capacidade de viajar por entre as dimensões;
  • Nas versões que possuem corrente, ela é Infinita e cada elo pode ser arremessado como um "shuriken".
  • Sua moto, quando misturada ao "Hellfire" é quase indestrutível, e mesmo quando é destruida, ela se auto-remonta.
  • E o mais poderoso golpe, o "olhar de penitência", queima a alma da vítima de forma irreparável.
E de acordo com o Doutor Estranho, o Motoqueiro Fantasma tem poder místico o suficiente para enfrentar o Hulk.

Em 2005, o diretor Mark Steven Johnson (que dirigiu a adaptação de Demolidor para os cinemas) iniciou as gravações do filme do Motoqueiro Fantasma, que é estrelado por Nicolas Cage, que é um fã do personagem, Raquel Alessi, Angry Anderson, Arthur Angel, Wes Bentley, Peter Callan, Sam Elliott, Peter Fonda, Donal Logue e Eva Mendes e distribuido pela Columbia Pictures. O filme estreou em 16 de Fevereiro de 2007 nos cinemas mundiais e foi lançado 2 de Março nos cinemas brasileiros. É interessante também saber que o visual da moto do Motoqueiro se baseia nos moldes de uma moto "chopper". As chopper são motos que derivam das custom, com a diferença na posição do tanque que é alto na frente e baixo atrás formando uma linha com o eixo da roda traseira, o garfo da frente tem um ângulo em relação ao motor maior que nas custom e seu comprimento também é maior deixando a distância entre eixos bem grande. Este estilo de moto tem a filosofia de retirar tudo o que não é necessário em uma moto, dai vem seu nome que em inglês significa cortar, geralmente não possuem banco de passageiro, alforges, para-lamas dianteiros, porém seu visual é bastante despojado e agressivo. Daí é só conferir o "basic agt" do herói e se divertir.


Mudanças

O vilão Blackheart é originalmente, inimigo de Danny Ketch, e nos quadrinhos tinha a aparência de um demônio mesmo e no filme ele aparece com uma forma mais humana. Existe uma referência do filme à HQ, após Blackheart obter o Contrato de San Venganza, ele se torna o "Legião" e fala: "Meu nome é Legião, pois somos muitos", na HQ de número 17 da primeira saga de Johnny Blaze, Katy Milner (Uma ilusão criada em torno deRoxanne Simpson) é possuida por essa entidade Legião que possui a mesma fala.

TRILHA SONORA


1. Ghost Rider [3:16]
2. Blackheart Beat [3:06]
3. Artistry in Death [4:13]
4. A Thing for Karen Carpenter [2:01]
5. Cemetery Dance [5:31]
6. More Sinister Than Popcorn [5:40]
7. No Way to Wisdom [2:15]
8. Chain Chariot [6:18]
9. Santa Sardonicus [3:36]
10. Penance Stare [5:26]
11. San Venganza [3:22]
12. Blood Signature [2:08]
13. Serenade to a Daredevil's Devil [1:53]
14. Nebuchadnezzar Phase [5:52]
15. The West Was Built on Legends [3:59]


 OBS: TRILHA SONORA INSTRUMENTAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário